Latest Entries »

Vultures…

Vultures

Some of us, We’re hardly ever here
The rest of us, were born to disappear
How do I stop myself from
Being just a number
How will I hold my head
To keep from going under

Down to the wire
I wanted water but
I’ll walk through the fire
If this is what it takes
To take me even higher
Then I’ll come through
Like I do
When the world keeps
Testing me, testing me, testing me

How did they find me here
What do they want from me
All of these vultures hiding
Right outside my door
I hear them whisperin’
They’re tryin to ride it out
They’ve never come this long
Without I kill before

Down to the wire
I wanted water but
I’ll walk through the fire
If this is what it takes
To take me even higher
Then I’ll come through
Like I do
When the world keeps
Testing me, testing me, testing me

(solo)

Wheels up
I got to leave this evening
I can’t seem to shake these vultures
Out of my trail
Powers is made, by power being taken
So I keep on rolling
To protect my situation

Down to the wire
I wanted water but
I’ll walk through the fire
If this is what it takes
To take me even higher
Then I’ll come through
Like I do
When the world keeps
Testing me, testing me, now

Oooooooooooo
Oooooooooooo
Oooooooooooo
Oooooooooooo

Whatcha’ gonna’ do about it
Whatcha’ gonna’ do abou it
Whatcha’ gonna’ do ‘bout it

Don’t give up, give up
Don’t give up, give up, give up
Don’t give up, give up
Don’t give up, give up, give up

Abutres

Alguns de nós, raramente estamos aqui
O resto de nós, nós somos nascidos para desaparecer
Como eu paro de ser
Somente um número
Como eu mantenho minha cabeça
Para não afundar

No último instante
Eu queria água, mas
Eu irei andar através do fogo
Se isso for preciso
Para me levar mais alto
Então, eu irei até o fim
Como eu faço
Quando o mundo continua
Me testando, me testando, me testando

Como eles me encontram aqui?
O que eles querem de mim?
Todos esses urubus se escondendo
Do lado de fora da minha porta
Eu os ouço sussurrando
Eles estão tentando agüentar
Eles nunca ficaram tanto tempo
Sem uma morte antes

No último instante
Eu queria água, mas
Eu irei andar através do fogo
Se isso for preciso
Para me levar mais alto
Então, eu irei até o fim
Como eu faço
Quando o mundo continua
Me testando, me testando, me testando

(solo)

Ao volante
Eu tenho que ir embora esta tarde
Não pareço manter esses urubus
Fora da minha árvore
O poder é feito através do poder sendo tomado
Eu continuo correndo
Para proteger minha situação

No último instante
Eu queria água, mas
Eu irei andar através do fogo
Se isso for preciso
Para me levar mais alto
Então, eu irei até o fim
Como eu faço
Quando o mundo continua
Me testando, me testando, me testandoO que você

Oooooooooooo
Oooooooooooo
Oooooooooooo
Oooooooooooo

vai fazer a respeito disso?
O que você vai fazer a respeito disso?
vai fazer a respeito disso?

não desista, não desista
não desista, não desista
não desista, não desista
não desista, não desista

 

Act Naturally
Our little secret just might be the kind of thing that you can’thide
It’s growing like a tangled vine & rising like a river in thetide
And everybody knew when you walked into the room
I was just a fool for you, nothing I could do
Everybody sees you taking control of me
Well I’m not begging for release
I’m just begging darling please, please

Act Naturally
Don’t let our troubles show
Don’t let anybody know
Till we get it figured out
Don’t give them anything that they could doubt

Our little problem doesn’t seem to be about to go away
As far as I can tell it’s gonna keep on showing more with everyday
And everybody look, yeah, that was all it took
I can’t help believing they can read me like a book
So hide your feelings tight till we figure how to make it right
I don’t know what I should but I
Would do it if I could

Act Naturally
Just be you beautiful
Just be you casual
I’ll be me before the fall
You be you before this all came down
(Act Naturally)
Don’t let our troubles show
Don’t let anybody know
Till we get it figured out
Don’t give them anything that they could doubt

Just be you beautiful
Just be you casual
I’ll be me before the fall
You be you before this all came down

Haja Naturalmente
Nosso pequeno segredo tinha que ser o tipo de coisa que você não pode esconder
Está crescendo como um emaranhado de uvas e subindo como a maré de um rio
E todo mundo soube quando você andou pela sala
Que eu só fui um bobo pra você, nada eu poderia fazer
Todo mundo vê que você está me controlando
Bem, eu não estou pedindo liberação
Eu só estou implorando querida por favor, por favor

Haja naturalmente
Não deixe nossos problemas à mostra
Não deixe ninguém saber
Até que nós consigamos resolver
Não dê a eles nada que eles possam desconfiar

Nosso pequeno problema não parece ser nada de ter que ir embora
Até que eu possa dizer que tem que continuar mostrando mais com todos os dias
E todo mundo vê, yeah, que tudo aquilo que foi tocado
Eu não posso acreditar que eles podem me ler como um livro
Então esconda muito bem seus sentimentos até que possamos resolver isso direito
Eu não sei seu eu deveria mas eu
Faria se eu pudesse

Haja naturalmente
Apenas seja o seu mais bonito
Apenas seja o seu mais casual
Eu serei eu depois da queda
Você será você depois que isso tudo acabar
(Haja naturalmente)
Não deixe nossos problemas a mostra
Não deixe ninguém saber
Até que passamos resolver tudo
Não dê a eles nada que eles possam duvidar

Só seja o seu mais bonito
Só seja o seu mais casual
Eu serei eu depois da queda
Você será você depois que isso tudo acabar

Uma brincadeira para descontrair, e lembrar que sem o entendimento das mitvots, somos seres confusos – Não me excluo disso.

<
Uma publicação aqui do Wordpress me chama a atenção,
a comunidade cristã postou um artigo bem interessante ,
mesmo se esquecendo que a “prova” material do convencimento não pode existir,
contudo vamos deixar o está escrito se cumprir: “as Pedras falaram por mim”,
Agora, já a revelação do cordeiro é dada pelo Eterno.
Mas o que realmente chamou a atenção foio desejo de negar tal prova,
ainda mais por parte de um orgão Oficial. Nem os Ortodoxos conseguem fazer isso.
Uma briga Arqueológica , cientifica pra fazer algo diferente.
 

VEREDITO JUDICIAL: O OSSUÁRIO DE TIAGO (IRMÃO DE JESUS) NÃO É FALSO

Publicado em 6 de Abril de 2012 

Depois de um julgamento de mais de cinco anos com 138 testemunhas, mais de 400 exposições e uma transcrição do julgamento de 12.000 páginas, o Juiz Aharon Farkash do Tribunal Distrital de Jerusalém inocentou os réus de todas as acusações de falsificação. Sua opinião no caso, proferido em 14 de Março, tem 474 páginas.

Os acusados Oded Golan e Robert Deutsch foram inocentados de todas as acusações de falsificação.

Dos cinco réus indiciados originalmente em 2004, apenas dois permaneceram no caso: Oded Golan, um colecionador de antiguidades com uma das coleções mais importantes em Israel (ele foi considerado culpado da acusação menor de negociação de antiguidades sem licença); e Robert Deutsch, o mais proeminente negociante de antiguidades, em Israel, que também ensinou na Universidade de Haifa, serviu como supervisor em escavação arqueológica de Megiddo e é autor de livros acadêmicos, sozinho e com outros estudiosos de renome internacional.

O mais famoso dos objetos acusados de serem falsificações é uma inscrição em um Ossuário ou caixa de ossos em que se lê “Tiago, filho de José, irmão de Jesus.” Ele recebeu sua primeira publicação na revista Biblical Archeological Review (Revista de Arqueologia Bíblica) em 21 de outubro de 2002. No dia seguinte, ele estava na primeira página de quase todos os jornais do mundo, incluindo o New York Times e Washington Post.

Uma segunda inscrição alegadamente forjada está gravada em uma pequena romã de marfim pela qual o Museu de Israel pagou $550.000. Se for autêntica, pode ser a única relíquia sobrevivente do Templo de Salomão. Ela também foi anunciada pela primeira vez em Inglês na Biblical Archeological Review (BAR).

As acusações de fraude incluiram alegações de falsificações de inscrições no Ossuário de Tiago, no Tablete de Joás, e na Romã de Marfim.

Um terceiro objeto alegado de falsificação é o chamado Joás (ou Yehoash, em Hebraico), uma inscrição num texto com 15 linhas descrevendo reparos para o templo. Se autêntica, é a primeira inscrição da realeza israelita.

A acusação também apontou diversas outras inscrições como sendo fraudes, incluindo a ostraca “Três Shekels” e a ostraca “Fundamento da Viúva” (escritos em vasos de cerâmica), vendidos pelo colecionador alemão famoso e rico – Shlomo Moussaieff.

O juiz inocentou os acusados de todas as acusações de falsificação.

Como escreveu Matthew Kalman, o único jornalista que cobriu o julgamento em uma base diária, escreveu no Outono passado: “As implicações criminais, acadêmicas e científicas do veredicto [do juiz] são immensas… A absolvição seria um grave revés para a IAA (Autoridade de Antiguidades de Israel). Também seria agudamente embaraçosa para os especialistas em isótopo da Israel Geological Survey (Pesquisa Geológica de Israel) e para o professor Yuval Goren da Universidade de Tel Aviv.”

Quando a acusação foi arquivada em 2004, a Autoridade de Antiguidades de Israel (IAA) alegou que os réus faziam parte de uma grande conspiração de falsificação. Isso é apenas “a ponta do iceberg,” dizia o diretor da IAA – Shuka Dorfman. Entre os suspeitos pela IAA de falsificação constavam mesmo os experts escritores acadêmicos Andre Lemaire da Universidade Sorbonne e Ada Yardeni da Universidade Hebraica. (A testemunha do chefe do governo no caso, o Professor Yuval Goren da Universidade de Tel Aviv, alegou que exerceu muito um “papel crucial” na acusação de conspiração de falsificação. A minha participação, afirmava ele, era “evidente”.)

Talvez o mais prejudicado pela decisão do juiz foi o Vice-diretor da IAA Uzi Dahari, que presidiu o Comitê da IAA o qual concluiu que a inscrição no Ossuário e a inscrição de Joás eram falsificações. Ele guiou forçosamente um grupo de estudiosos para aceitar uma decisão alegadamente unânime do Comitê concluindo que as duas inscrições eram falsas. (Veja abaixo). Em um fórum organizado pela revista BAR, o Dr. Dahari acusou o editor da revista (Hershel Shanks) de ser o “catalisador de uma série de falsificações.” Ele continuou: “Sr. Shanks, você está brincando com fogo quando continuamente publica achados dessa natureza.” Ele se refere a “provas sólidas” que estas duas inscrições foram forjadas.

Vamos considerar a acusação acerca do ossuário com a inscrição “Tiago, filho de José, irmão de Jesus.” Todos (sem exceção) concordam que o ossuário, propriamente dito, é autêntico e antigo (do primeiro século). A questão é saber se a inscrição nele é forjada, ou mais especificamente, se a frase “irmão de Jesus” foi adicionada recentemente à antiga inscrição “Tiago, filho de José.”

A inscrição “Tiago, filho de José, irmão de Jesus” no Ossuário de Tiago é a peça mais conhecida do caso. Análises Paleográficas e a existência de antiga pátina sugerem que a inscrição é autêntica.

A primeira parada em qualquer investigação sobre esta questão seria na porta dos paleógrafos – estudiosos que podem datar e autenticar as inscrições de certos períodos históricos específicos com base no estilo e na posição das letras. Neste caso, a inscrição foi autenticada por duas das maiores autoridades mundiais em Paleografia da atualidade, tal como referido anteriormente, Andre Lemaire da Sorbonne e Ada Yardeni da Universidade Hebraica de Jerusalém.

O que é ainda mais significativo é que nenhum paleógrafo de qualquer reputação mesmo sugeriu que esta inscrição pode ser uma falsificação. Não há nenhum “outro lado da questão”, falando em termos de Paleografia.

Cientificamente, entretanto, há. O Professor Yuval Goren da Universidade de Tel Aviv encontrou o que ele chamou de “James Bond”, que cobriu a inscrição para ocultar provas de falsificação. O “James Bond” foi, disse ele, uma mistura de terra calcária e água quente que formaram uma falsa pátina. Mas descobriu-se não havia nenhuma maneira de fazer com que a hipotética mistura de Goren se fixasse na superfície do Ossuário sem a adição de um ácido; vestígios disto seriam encontrados – e não estavam lá.  Esta “explicação” assim chamada de James Bond é tão frágil que pode ser removida com um palito; Ela foi mal “colada”. O próprio Goren admitiu que sua “James Bond” poderia ser o resultado de limpeza do ossuário (alguns negociantes habitualmente fazem isto para destacar inscrições).

Mais importante do que isto, é que a pátina antiga original pode ser vista em várias partes da inscrição, incluindo uma das letras da palavra “Jesus”. Antes do julgamento, Goren tinha afirmado que não havia qualquer pátina antiga na inscrição. Quando ele foi apresentado, no contra-interrogatório, a novas fotos tiradas por um dos peritos do requerido, o Professor Goren ficou aturdido e pediu um recesso para permitir-lhe tempo a fim de que examinasse a caixa propriamente dita, em vez das fotos. Ele voltou no dia seguinte e admitiu no tribunal que havia, na verdade, patina antiga original em algumas das partes da inscrição. No entanto, ele tentou explicar isso, sugerindo que o falsificador incorporara arranhões antigos à patina naturalmente formada, apontando isto como indícios das partes forjadas da inscrição. Sobre isto Shanks afirmou: “Se alguém acredita nisto, eu gostaria de dizer que eu sou proprietário de uma ponte pública e eu gostaria de vendê-la muito mais barato.” Na verdade, a presença desta esta patina antiga original em toda a inscrição foi observada muito antes do julgamento, por Orna Cohen, um dos membros do comitê da Autoridade de Antiguidades de Israel, mas ninguém prestou atenção nisto. O IAA sabia aonde queria chegar.

Há outras razões, mais simples, para se crer que a inscrição não é uma falsificação. Oded Golan possuia o Ossuário de Tiago desde a década de 1970. Ele provou isso com fotografias antigas autenticadas por um ex-agente do FBI nas quais é usado um tipo de papel que não é mais usado em uma data posterior. E Golan nunca tentou vender o ossuário ou divulgar a inscrição. Ele afirma veementemente que nem sabia que o Novo Testamento menciona Tiago como o irmão de Jesus, ou como ele disse, “Eu nunca soube que Deus poderia ter um irmão.” Ainda mais compreensivelmente, ele não tinha ideia que o nome Ya’acov (como está escrito no ossuário) e Jacob (para qualquer israelita) foi traduzido como “James” no Novo Testamento em Inglês[1].

A acusação alegou ter encontrado ferramentas de falsificadores no apartamento do Golan. Golan afirma que elas eram usadas na restauração de antiguidades da sua coleção, não para fazer falsificações. Nenhuma dessas ferramentas, no entanto, poderia ser usada para gravar a inscrição no Ossuário de Tiago. Mesmo se ele fosse um falsificador, isso não significa que tudo na sua vasta coleção é uma falsificação.

O fato é que estes comitês presididos pelo diretor-adjunto da IAA Uzi Dahari eram uma armação. O IAA sabia onde ele queria ir — e ele chegou lá. Ele alistou Yuval Goren para liderar um pacote de estudiosos que “foram junto”. O Padre Joseph Fitzmyer, provavelmente dos principais especialistas do mundo em Aramaico Antigo (a língua falada em Israel na época de Jesus e usada na inscrição no Ossuário de Tiago) fornece os detalhes. As comissões incluíam pessoas que anteriormente tinham dito que as inscrições eram provavelmente falsas, mas não incluíam ninguém do outro lado. Assim, por exemplo, Andre Lemaire não foi incluído. Também não foram incluídos os geólogos do Geological Survey of Israel que tinham concluído que as inscrições eram autênticas. Muitos dos membros do Comité do IAA admitiram que sua expertise não é em áreas que lhes permitam opinar sobre autenticidade, mas o IAA tratou seus abstinentes como votos a favor da falsificação. Os que se abstiveram foram tratados como votos de “sim” quando o IAA anunciou a “unanimidade” da sua Comissão.

O IAA tentou “dar a impressão que os comitês eram unânimes, e não eram unânimes de maneira alguma”, diz  Fitzmyer.

Ainda pior, é que os membros do Comitê, por diversas vezes, basearam seu voto “sim” em provas científicas de Yuval Goren, não em suas próprias expertises. Por exemplo, o altamente respeitado arqueólogo Ronny Reich relatou ao Comité que “na minha opinião a inscrição de Jesus é autêntica.” No final, no entanto, ele disse que foi “forçado” a mudar seu pensamento, como resultado do conhecimento geológico de Yuval Goren. Ele não foi o único membro do Comité a fundamentar seu voto com base no conhecimento de outra pessoa, e não no seu próprio.

A decisão do juiz significa que a acusação não conseguiu provar que os artefatos são falsos. A discussão agora pode prosseguir de forma mais acadêmica. E talvez o IAA tenha aprendido algumas lições que podem ser aplicadas no futuro.

A imprensa mundial não deu atenção ao veredito deste caso. Desde o dia 14 de março último, quase nada foi noticiado pelos canais de televisão internacionais ou nacionais, ou nos jornais ou revistas (com exceção da BAR).

Isto é digno de nota, uma vez que as implicações da descoberta deste artefato são altamente impactantes. O Ossuário de Tiago (ou Ossuário de Ya’acov), sendo autêntico como tudo indica, é uma prova que de Jesus[2] tinha um irmão – de carne e sangue. Derruba uma interpretação Católico-Romana de que a referência bíblica neotestamentária a Tiago como sendo irmão de Jesus significa “irmão de fé”. Mais ainda, é uma evidência histórica material da existência de Jesus. Os que pensavam e afirmavam que Jesus nunca existiu – que não foi uma pessoa real – não possuem, a partir de agora, nenhuma razão para pensar assim.

__________________________

As informações sobre o julgamento de falsicação do Ossuário de Tiago e dos outros artefatos acusados tiveram como fonte a matéria da revista Biblical Archeological Review, disponível em http://www.biblicalarchaeology.org/daily/news/verdict-not-guilty/. Acessado aos 06/04/2012.


[1] Ou como “Tiago”, no Novo Testamento em Português.

[2] Alguns levantam a possibilidade de que “Tiago, filho de José, irmão de Jesus” se refira a outro Jesus, e não ao Jesus do Novo Testamento, porém, estatísticas demonstraram que a probabilidade de os três nomes aparecerem juntos numa urna ossuária do primeiro século e não se referirem a Jesus Cristo, ao seu pai adotivo José e ao seu irmão Tiago, é praticamente nula.

Fonte

Comentário

Nada a ver

Um cão sem dono, uma árvore no outono
O nono mês de gravidez
Eu perco o sono, ao som de Yoko Ono
E telefono pra vocês

Às vezes eu acordo assustado
(A gente não tem nada a ver)
Mas quando eu te vejo do meu lado
(A gente não tem nada a perder)
De dia eu não te vejo nem desejo
Eu vejo que não dá
(A gente não tem nada a ver)
Toda a noite, a noite inteira, eu penso em ti
Eu penso em te encontrar
(A gente não tem nada a perder)

Nada a ver, nada a perder, 
Nada a fazer, nada não…

Sinto tanto, sinto muito, no meu canto,
Enquanto a noite cai
(A gente não tem nada a ver)
Sinto saudade, é verdade, nunca é tarde,
Enquanto a chuva cai
(A gente não tem nada a perder)
Eu fico sem saber o que fazer, o que vai ser
Amanhã de manhã
(A gente não tem nada a ver)
Eu sonho com elegância, arrogância,
Extravagância do Duran Duran
(A gente não tem nada a perder)

Nada a ver, nada a perder, 
Nada a fazer, nada não…

Às vezes eu acordo assustado !!!!!!
Às vezes eu acordo do teu lado !!!!!!!!
Às vezes eu fico acordado !!!!!!!!
Às vezes eu te vejo…
Às vezes eu te beijo…
Às vezes eu te desejo…
Às vezes eu…

Nada a ver, nada a perder,

Os amantes estão perdendo ao que parece ?

Perfeita Simetria


Simetria Perfeita
Eu vasculho os entulhos à procura de sinais de vida
Passando pelos parágrafos
Clicando em fotografias
Eu queria poder entender o que fazemos
Incendiando capitais
O mais sábio dos animais

Quem é você?
Pelo que você está vivendo?
Dente por dente
Talvez consigamos repetir

Esta vida vivida em simetria perfeita
O que eu faço
Será feito para mim

Li páginas e páginas de análises
Procurando pelo resultado final
Nós não estamos mais perto do que estávamos antes

Quem é você?
Pelo que você está lutando?
Verdade sagrada?
Irmão, eu escolho

Esta vida mortal, vivida em simetria perfeita
O que eu faço
Será feito para mim
Enquanto a agulha escorrega naquela faixa desgastada
Amor,
Talvez você sentirá isso também

E talvez você achará que a vida é injusta
E que passa rápido
Não há um portão dourado
Não há um paraíso esperando por você

Oh garoto, você deve deixar esta cidade
Saia enquanto pode
O taxímetro está rodando
As vozes na rua que você ama
Tudo fica melhor quando você ouve este som
Woah!
Woah !
Woah!

Sonhadores covardes
Se escondem em igrejas
Pedaços de pedaços de
Ônibus na hora do rush
Eu sonho em e-mails
Frases batidas
Milhas e milhas de somente
Páginas vazias

Envolva-se em mim
Envolva-se em mim

Enquanto a agulha escorrega naquela faixa desgastada
Talvez você sentirá isso também
Talvez você sentirá isso também

Sonhadores covardes (Talvez você sentirá isso também)
Se escondem em igrejas (Talvez você sentirá isso também)
Pedaços de pedaços de
Ônibus na hora do rush
Eu sonho em e-mails
Frases batidas
Milhas e milhas de somente
Páginas vazias

As vezes o que você acha que pode escrever , e alguém pode simplesmente Usar uma Boa poesia, ma música.

O que fazendo de nossas escolhas ? O que sentimos é verdadeiro ?O tempo o Lugar são estes nos reservados ?

Um humor vai bem.

20111223-162452.jpg

O clima prova: Yeshua não nasceu em Dezembro

“E aconteceu que, estando eles ali, se cumpriam os dias em que ela havia de dar a luz. E deu à luz o seu filho primogênito, e envolveu-o em panos, e deitou-o numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na estalagem. Ora, havia, naquela mesma comarca, pastores que estavam no campo e guardavam durante as vigílias da noite o seu rebanho.” Lc 2:6-8

Quando o Mashiach nasceu, os pastores estavam no campo, durante as vigílias da noite, e guardavam os rebanhos pelos quis eram responsáveis.

Como seria o clima, em Dezembro, lá no Orienta Médio?

Nesta época inicia-se a estação das chuvas, a considerada estação de inverno, fazendo muito frio. Por isso, os pastores tinham seus rebanhos recolhidos e abrigados, e não nos campos.

“Entre os pastores se costumava enviar as ovelhas aos desertos, por ocasião da páscoa, e recolhê-las no começo das primeiras chuvas…”

As primeiras chuvas começavam em princípios do mês de Marchesvan, que corresponde as partes de nosso Outubro e Novembro, … por conseguinte, o Mashiach não nasceu em 25 de dezembro, “ quando não haviam rebanhos no campo.” (Comentário de Adam Clarke, vol3, pág 111)

“ Durante os tempos que os rebanhos permaneciam fora, os pastores velaram por eles dia e noite, todavia a primeira chuva caia em meados de Hesvan, que corresponde a princípios de Novembro. As ovelhas permanecem fora nos campos de Israel, todo o tempo do verão,e em conseqüência, os pastores ali receberam as novas do anjo, o que mostra que Yeshua não nasceu em 25 de dezembro, porque para este tempo já não havia pastores e ovelhas nos campos de Belém…” (Talmudits inLighfootsd –inglês)

– Que mês do calendário hebraico corresponde ao nosso Dezembro?

“Aconteceu, pois, no ano quarto do rei Dario, que a palavra do SENHOR veio a Zacarias, no dia quarto do nono mês, em quisleu.” Zc 7:1

– A Bíblia confirma que havia chuvas neste mês?

“Então todos os homens de Judá e Benjamim, em três dias, se ajuntaram em Jerusalém; era o nono mês, no dia vinte do mês; e todo o povo se assentou na praça da Casa de D-us, tremendo por este negócio e por causa das grandes chuvas.” Esdras 10:9

– A Bíblia confirma que fazia frio neste mês?

“Estava, então, o rei assentado na casa de inverno, pelo nono mês; e estava diante dele um braseiro aceso.” Jr 36:22

Recenseamento no mês das chuvas?

Nos dias do nascimento de Yeshua, César Augusto convocou, por decreto, a todos do império para que fossem recensear-se:

“Naqueles dias, foi publicado um decreto de César Augusto, convocando toda a população do império para recensear-se. Este, o primeiro recenseamento, foi feito quando Quirino era governador da Síria.
Todos iam alistar-se, cada um à sua própria cidade.
José também subiu da Galiléia, da cidade de Nazaré, para a Judéia, à cidade de Davi, chamada Belém, por ser ele da casa e família de Davi, a fim de alistar-se com Maria, sua esposa, que estava grávida.” Lc 2;1-5

César Augusto pretenderia realizar um recenseamento com um clima inadequado para a ocasião?

Fatores a considerar:

– Belém está a 140 km de Nazaré;
– Belém está aproximadamente a 250 metros acima de Nazaré;
– As precárias condições das estradas;
– Os meios de transporte disponíveis: camelo ou burrico;

Como um governador marcaria uma contagem para uma época assim?

O que os pastores estariam fazendo com seus rebanhos no campo num tempo de chuvas e frio?

No mapa pode-se observar a cidade de Nazaré ao norte na Galiléia. Ao sul, na Judéia, próximo de Jerusalém, está Belém, a cidade do nascimento de Yeshua. Estas cidades estão distantes 140 km entre si e num desnível de mais de 250 metros.

Na manjedoura com Yeshua

A tradição diz que na manjedoura estiveram os pastores, os reis magos e os animais. O que mostra a Bíblia?

“E aconteceu que, estando eles ali, se cumpriram os dias em que ela havia de dar à luz. E deu à luz o seu filho primogênito, e envolveu-o em panos, e deitou-o numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na estalagem.
Ora havia, naquela mesma comarca, pastores que estava no campo e guardavam durantes as vigílias da noite o seu rebanho.
E eis que um anjo do Senhor veio sobre eles, e a glória do Senhor os cercou de resplendor, e tiveram grande temor.
E o anjo lhes disse: Não temais, porque eis aqui vos trago novas de grande alegria, que será para todo o povo, pois na cidade de Davi, vos nasceu hoje o Salvador que é o Cristo, o Senhor;
E isto vos será por sinal: achareis o menino envolto em panos e deitado numa manjedoura.
E, no mesmo instante, apareceu com o anjo uma multidão dos exércitos celestiais, louvando a D-us e dizendo: Glória a D-us nas alturas, paz na terra. Boa vontade para com os homens ! E aconteceu que, ausentando-se deles os anjos para céus, disseram as pastores uns aos outros: Vamos, pois, até Belém e vejamos isso que aconteceu e que o Senhor nos fez saber. E foram apressadamente e acharam Maria, e José, e o menino deitado na manjedoura.” Lc 2:6-16

O texto mostra-nos com clareza, que os pastores que estavam no campo, no dia do nascimento do Senhor Yeshua, foram visitá-lo na manjedoura, encontrando lá, José e Maria juntamente com seu filho Yeshua. Então, onde estavam os magos? Aliás, eles eram reis ou magos?

Sobre os magos…

“E, tendo nascido Yeshua em Belém da Judéia, no tempo do Réu Herodes, eis que uns magos vieram do Orienta a Jerusalém, e perguntaram: Onde está aquele que é nascido reis dos judeus? Porque vimos a sua estrela no Oriente e viemos a adora-lo.” Mt 2:1,2

A Brit Chadashah não declara quantos eram, nem que eram reis. Chamaríamos de fábulas, especulação e ainda acréscimo. Sabe-se que eram sábios, estudiosos das profecias e de astronomia.

Herodes procura matar o menino

A partir do momento em que viram a estrela no oriente, os magos partiram para encontrar o rei Yeshua.
Em Jerusalém houve grande perturbação. Herodes e as autoridades religiosas juntaram-se para descobrir onde e quando haveria de nascer o Mashiach:

“E o rei Herodes, ouvindo isso, perturbou-se, e toda a Jerusalém com ele.”
E congregado todos os príncipes dos sacerdotes e os escribas do povo, perguntou-lhes onde havia de nascer o Cristo.
E eles lhe disseram: Em Belém da Judéia, porque assim está escrito pelo profeta: E tu, Belém, terra de Judá, de modo nenhum és a menor entre as capitais de Judá, porque de ti sairá o Guia que há de apascentar o meu povo de Israel.
Então, Herodes, chamando secretamente os magos, inquiriu exatamente deles acerca do tempo em que a estrela lhes aparecera.
E, enviando-os a Belém, disse: Ide, e perguntai diligentemente pelo menino, e, quando, o achardes, participai-mo, para que também eu vá e o adore.” Mt 2:3-8

– Onde os magos encontraram o menino?

“E, tendo eles ouvido o rei, partiram; e eis que a estrela que tinham visto no Orienta ia adiante deles, até que, chegando, se deteve sobre o lugar onde estava o menino.
E, vendo eles a estrela, alegraram-se, muito com grande júbilo. E, entrando na casa, acharam o menino com Maria sua mãe, e, prostrando-se, o adoraram; e, abrindo os seus tesouros, lhe ofertaram dádivas: ouro, incenso e mirra.” Mt 2:9-11

Os magos encontraram o menino em casa. Na manjedoura estiveram somente os pastores e não os magos!

A idade de Yeshua

Quando os magos encontraram Yeshua seria Ele um recém-nascido?

“Então, Herodes, vendo que tinha sido iludido pelos magos, irritou-se muito e mandou matar todos os meninos que havia em Belém e em todos os seus contornos, de dois anos para baixo, segundo o tempo que diligentemente inquirira dos magos.” Mt 2:16

Baseado na informação dos magos, Herodes agiu. Mandou matar os meninos de dois anos para baixo, procurando neste contingente atingir o menino Yeshua. Portanto quando os magos encontraram Yeshua, em casa, Ele estava perto da idade de dois anos. Como se pode ver, não se tratava mais de um recém nascido. E o que comumente se observa hoje?

Presentes para Yeshua

Era costume ao se visitar um rei levar algum presente. Por ser rei o Senhor foi presenteado, porém a Bíblia não menciona que houve troca de presentes.

“E deu ao rei cento e vinte talentos de ouro, e muitíssimas especiarias, e pedras preciosas; nunca veio especiaria em tanta abundância como a que a rainha de Sabá deu ao rei Salomão.. E o rei Salomão deu à rainha de Sabá tudo quanto lhe pediu o seu desejo, alem do que lhe deu, segundo a generosidade do rei Salomão; então, voltou e partir para a sua terra, ela e os seus servos.” IReis 10:10,13

E sendo rei, o Senhor recebera os presentes destes estudiosos de astronomia.

25 de dezembro ?

É o nascimento do deus-sol-invicto dos pagãos:

Então, me disse: Viste, filho do homem, o que os anciãos da casa de Israel, fazem nas trevas, cada um nas suas câmaras pintadas de imagens? E eles dizem: O SENHOR não nos vê, o SENHOR abandonou a terra. E disse-me: Tornarás a ver ainda maiores abominações do que as que estes fazem.
E levou-me à entrada da porta da Casa do SENHOR, que está da banda do norte, e eis que estavam ali mulheres assentadas chorando por Tamuz. E disse-me: Viste, filho do homem? Verás ainda abominações maiores do que estas.
E levou-me para o átrio interior da Casa do SENHOR, e eis que estavam à entrada do templo do SENHOR, entre o pórtico e o altar, cerca de vinte e cinco homens, de costas para o templo do SENHOR e com o rosto para o oriente; e eles adoravam o sol, virados para o oriente. Ez 8:12-16

O nascimento de Yeshua, em 25 de dezembro, acaba por fazer com que se dê honra ao deus-sol.
“A solenidade do natal foi instituída para substituir as festas pagãs do sol invicto, no solstício de inverno (..) A igreja do oriente sempre celebrou o nascimento de Yeshua no dia 6 de janeiro, na festa da Epifania. No Ocidente sempre foi o dia 25 de dezembro.” ( Informativo da Diocese de Marília-SP – Ano I – nr 4 – Dezembro/98 Editor: Vanderley Sampaio – http:// http://www.sampaio.jor.br/nomeiodenos/edic04/04forma.htm )

“Os cristão se deslumbraram diante das festas pagãs do deus-sol, celebrados no solstício de inverno, o dia mais curto do ano (21 ou 22 de dezembro, no hemisfério norte). A partir de então, passaram a proclamar, o natal de Jesus no dia 25 de dezembro.
Eles se deram conta de que o Sol vem para dissipar as trevas do coração humano, arrebatar dos túmulos os que jazem na morte e inaugurar uma nova criação repleta de vida, alegria, realização e dignidade, é Jesus.” ( Pe. Carlos James dos Santos, SJ, membro do CCB. http://www.ccbnet.org.br/companhia/comp003mat001.htm )

Que andança é essa ? =D

uma interpetação de um ponto de vista inusitado a uma música romantica da MPB.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

BETH CARVALHO – “Andança”, posted with vodpod

Porque não ao situacionismo

Mas afinal o que é isso ?
em resumo, se você é o tipo de pessoa que não perde muito tempo em blogs é : Coisa de mulher fofoqueira.para o bom entendr isso basta, pode sair agora.
Sabe, ao poucos mesmo não tendo a malícia dos principes desse mundo você invitavelmente percebe a covadia deles. Os covardades inventam e criam suas própias situações para obter informações ao invés de explorar as própias informações que estão bem diante dos seus olhos ou pelo menos ter a humildade de reconhecer que simplesmente não sabem de informação alguma verdadeira.
O grande mestre foi bem claro: Vá a teu irmão e reconcilia-te enquanto há tempo primeiro do que com D`us que tudo sabe. Mas não, a covarde força uma situação para lhe provocar uma reação, obtém um uma conclusão a patir de uma situação irreal e mentirosa notadamente criada e por mais incrível que pareça julga como verdade.O que fazer então…Não podemos julgar ou caimos no mesmo erro alheio, ou seja continuar esperando de quem ter algo contra nós se pronunciar de maneira direta clara e pessoal, claro se não temos nada contra ninguém porque se tivermos…rsrsrsrrsrs
Se você gosta de religião continue lendo, não comente, reflita.Da onde vem essa postura de não ter humildade, em outras palavras deixar a postura de princesa de lado, ou de não abandonar o salto quinze em casa, e querer as coisas conforme sua vontade no seu momento no seu mundo criado(situação) Resposta é mais antiga que a própia mentira: Eva…Sabe essa maçã,  dá uma mordidinha não pega nada…rsrss” Pois é certo que não morerás, mas te tornás deus. Bem a todas samirames e fofoqueiras afins um belo recado: a verdade se conquista em um olhar, basta que seja um mundo verdadeiro.

Poesia;

mas o que é a poesia? uma verdade ou uma mentira?

Não sei, vamos apaixonar o poeta

Depois nos o afastamos de sua musa.

Bem se a poesia não fosse amor

e a inspiração não fosse uma mulher

haveria resposta ?

Requiem para um sonho

Chocante, nunca vi um música tão bem feita para um filme, ou um filme tão bem feito para uma música.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Requiem para um sonho , posted with vodpod


Requiem for a Dream
– Watch more Videos at Vodpod.
Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
[ Voltar ao topo ]